domingo, 16 de dezembro de 2012

Escola Estadual de Conselheiro Pena 2012 Estudo Orientados – Resolução 521/04. Art.39.III

 

Escola Estadual de Conselheiro Pena         2012
Estudo Orientados – Resolução 521/04. Art.39.III

Nome:____________________ nº:___  Série:___  Data: __/__/__
Professora: Celi Marques de Oliveira Henriques
                            

1) O turismo sustentável e insustentável causa impactos em nível sociocultural, socioambiental e socioeconômico.Relacione quanto ao turismo sustentável:
( 1 ) Sociocultural    ( 2 ) Socioambiental    ( 3 ) Socioeconômico

(  ) Gera emprego e renda, desenvolvimento e inserção social da comunidade local.
(  ) Preserva os ecossistemas, revitaliza, através da preservação, conservação e restauração do patrimônio natural e cultural.
(  ) Resgata raízes culturais da identidade cultural. Respeita as características culturais da população e da arquitetura das construções não distorcendo o seu significado artístico.

2) Explique o que foi a  Revolução  Industrial ocorrida na Europa entre os séculos XVIII e XIX.

 3) Que país é considerado o “ berço”  da Revolução Industrial?_________

4)  Relacione as frases de acordo com os acontecimentos de cada época.
(1) Primeira Revolução Industrial
(2) Segunda Revolução Industrial
(3) Terceira Revolução Industrial


a- (  ) A energia a vapor passa a ser utilizada na extração de minério;
b- (  ) O trabalho físico começa a ser transformado em força mecânica;
c- (  ) O petróleo passa a competir com o carvão;
d- (  ) Surge o automóvel, o telefone, o rádio, o avião e, finalmente, o televisor;
e- (  )  A informática produz computadores e softwares; a microeletrônica, chips, transistores e inúmeros produtos eletrônicos;
f- (  ) Surge a robótica, as telecomunicações utilizando os satélites, viabilizando transmissões de rádio e televisão em tempo real;
g- (  ) A indústria aeroespacial fabrica satélites e leva homens e robôs a novas fronteiras no espaço. Nesse período os medicamentos, plantas e animais são transformados pela biotecnologia.

5) Sobre as condições de trabalho nas fábricas durante a 1ª Revolução Industrial, considere as verdadeiras:
I- Nas fábricas havia péssima iluminação, o local era abafado e sujo.
II- Os salários dos trabalhadores eram baixos.
III- Nas fábricas  os patrões abusavam do trabalho de crianças e mulheres.
IV- Nas fábricas os empregados trabalhavam até 18 horas por dia e estavam sujeitos a castigos físicos dos patrões.
V- Nas fábricas os trabalhadores tinham direitos trabalhistas como (férias, 13º salário, auxílio doença, etc.)

São verdadeiras as afirmativas:
 (a) I e II  e V.      (b) I, II , III  e V .      (c) II, III, IV.     (d)  I, II, III, IV.

6) O termo dumping refere-se á prática desleal na concorrência. Quando não se respeita a legislação ambiental ou algum critério básico de proteção ao meio ambiente. o que permite produzir mais barato do que aqueles que respeitam a natureza, temos o dumping ambiental. Quando as condições de trabalho e o preço da mão de obra são muito baixos, não se respeitando as legislações trabalhistas sociais mínimas, ocorre o chamado dumping social.
Com base em seus conhecimentos e no estudo, a  assertiva é :   a) Falsa      b) Verdadeira      

7) Relacione as colunas de acordo:
    (1)   Transgênicos    (2)   Agricultura orgânica  (3)   Biotecnologia    (4)   Hidroponia

(  ) Os alimentos produzidos com esta técnica são mais caros que os convencionais.
(  ) Consiste na produção de alimentos em estufas, sem o uso do solo.
(  ) Objetiva melhorar a produtividade no campo ou na indústria.       
(  ) Experiências desenvolvidas pela engenharia genética.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta: 
a) 2, 4, 3, 1
b) 3, 1, 2, 4 
c) 1, 4, 3, 2 
d) 2, 4, 1, 3

8) Observe a charge a seguir:

Na charge é apresentada uma prática que não é uma exclusividade de países em desenvolvimento, de países pobres, ela existe em todas as economias do mundo, em todas as regiões e apresenta as mais diversas formas. Essa prática é:

a) respeito ao direito do trabalhador rural.
b) valorização do trabalhador.
c) trabalho escravo    
d) salários dignos

9) Complete as lacunas  abaixo com as palavras a seguir: 

a)  _____________ são organismos que, mediante técnicas de engenharia genética, contêm materiais genéticos de outros organismos. Sua geração visa organismos com características novas ou melhoradas relativamente ao organismo original.

b)  _____________  são empresas que possuem matriz num país e possuem atuação em diversos países. São grandes empresas que instalam filiais em outros países em busca de mercado consumidor, energia, matéria-prima e mão-de-obra baratas.

c) É o palco  das realizações humanas, no entanto, abriga todas as partes do planeta passíveis de serem analisadas, catalogadas e classificadas pelas inúmeras especialidades da ciência geográfica. O termo que melhor justifica essa afirmativa é ___________________________.

d )____________    pode ser definido como um conjunto de regras, leis e normas que as metrópoles impunham às suas colônias durante o período colonial. Estas leis tinham como objetivo principal fazer com que as colônias só comprassem e vendessem produtos de sua metrópole.

e) Seu  principal objetivo foi renovar e reafirmar a participação dos líderes dos países com relação ao desenvolvimento sustentável no planeta Terra. Foi, portanto, uma segunda etapa da Cúpula da Terra (ECO-92) que ocorreu há 20 anos na cidade do Rio de Janeiro. Essa assertativa  refere-se a _____ .


10) Dentre as regiões,  brasileiras a região _________ é a mais populosa e urbanizada atualmente. Seu desenvolvimento industrial  lhe garante posição privilegiada no conjunto brasileiro. Nessa região estão localizadas  as duas maiores metrópoles nacionais. Quais são elas?  _______   e  _______.

a) Qual das metrópoles é considerada cidade mundial?________________.


11) A diversidade encontrada no meio rural é, em grande parte, associada às formas de produção. Assim, podemos diferenciar os tipos de agricultura quanto a finalidade, à tecnica e à mão de obra. Relacione o tipo de agricultura de acordo  com  a sua finalidade:

(a) Agricultura orgânica .( ) Utilização de forma sustentável preservando os recursos naturais e não poluindo o meio ambiente.

(b) Agricultura moderna. ( ) Utiliza os avanços da revolução verde, nome dado a uma série de inovações na mecanização do preparo do solo,  produção de sementes prática de tecnicas agrícolas a partir da década de 50.

(c) Agricultura tradicional.( ) Utiliza poucos recursos tecnicos e pouca inovação. Normalmente é utilizada grande quantidade de mão de obra e a produtividade é baixa.

(d) Agricultura comercial.( ) Seu objetivo é a comercialização do que se produz visando ao lucro e possui intensa  integração com o mercado.

(e) Agricultura de subsistência. ( ) As produções  agrícolas são voltadas para o consumo dos produtores, sendo comercializada parte do excedente.
                              
A ordem correta é:
 a) c, a, b, d, e
 b) a, b, c, d,  e.
 c) e, d, c, b, a.      
 d)  e, c, d, a, b . 

             “Não diga que a vitória está perdida se é de batalhas que se vive a vida” . (Raul Seixas)
                                                                                               Boa Sorte!   Celi Marques

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

TIPOS DE MIGRAÇÃO POPULACIONAL

 ATIVIDADES   DE INTERPRETAÇÃO E FIXAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Nome:______________ nº:___   Série:____  Data: __/__/__
Professora: Celi Marques de Oliveira Henriques
                                 Escola Estadual de Conselheiro Pena
 
Leia com atenção as informações e após desenvolva as questões propostas:

TIPOS DE MIGRAÇÃO POPULACIONAL

A migração existe desde o surgimento do homem, que sempre usou de tal artifício para sobreviver.
Hoje, na era da globalização, mais do que nunca as migrações se dão por conta do fator econômico, que é a busca por emprego, por melhores salários, por melhores condições de vida, etc.

Migração – é todo movimento de população que ocorre no espaço geográfico. Migrante é aquele que realiza o movimento de migração.
Emigração – refere-se ao ato da saída de uma região.
Imigração – refere-se ao ato da entrada em uma região
Existem três variáveis para se classificar os tipos de migrações:
o espaço de deslocamento,
o tempo de permanência do migrante,
e como se deu a forma de migração.

Considerando o espaço de deslocamento, temos os seguintes tipos de migração:
Migração internacional – que ocorre de um país para outro.
Migração interna – que ocorre dentro de um mesmo país, subdividindo-se em:
Migração inter-regional: que ocorre de um Estado para outro.
Migração intra-regional; que ocorre dentro do mesmo Estado.

Levando-se em consideração o tempo de permanência do migrante, teremos:
Migração definitiva – a pessoa passa a residir permanentemente no local para o qual migrou.
Migração temporária – o migrante reside apenas por um período pré-determinado no lugar para o qual migrou, como é o caso dos boias-frias.

Se considerar a forma como se deu a migração, tem-se:
Migração espontânea – quando o sujeito planeja, espontaneamente, migrar para outra região, seja por motivo econômico, político ou cultural.
Migração forçada – quando o indivíduo se vê obrigado a migrar de seu lugar de origem, geralmente ocorrendo por catástrofes naturais, como desertificação de um local, secas prolongadas, inundações, terremotos, por exemplo, a seca que atingiu o nordeste brasileiro no final do século XIX, Políticas/religiosas – incluindo guerras civis, revoluções, perseguições religiosas, conflitos separatistas, discriminação com violência (racismo)...
Econômicas – são as de maior importância no caso das migrações internas no Brasil. Inclui a decadência econômica de uma região e o crescimento de outra. Podemos observar que a maior parte dos migrantes se desloca a procura de um emprego, de melhores níveis salariais e de um melhor padrão de vida. Fogem também de áreas em conflito, de perseguições étnicas e religiosas. Existe um organismo que se preocupa internacionalmente com a questão dos refugiados. Trata-se do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados).

A globalização da economia mundial tem acentuado as diferenças regionais e sócio-econômicas. Esse fato, associado aos conflitos presentes em algumas partes do mundo, à péssima qualidade de vida e falta de perspectivas em alguns países tem acentuado o deslocamento de migrantes, especialmente do Terceiro para o Primeiro Mundo.

Dentre os fatores que influenciam os processos migratórios, o trabalho é o preponderante. Esse movimento pode ocorrer dentro de um mesmo país, estado ou município. São as chamadas migrações internas, que são aquelas em que as pessoas se deslocam dentro de um mesmo território.

Dentre as migrações internas temos os seguintes movimentos:

Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. As principais causas são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura.
Migração Urbano-Rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum.
Migração urbano-urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.
Migração sazonal: tipo de migração que se caracteriza por estar ligada às estações do ano. É uma migração temporária, onde o migrante sai de um determinado local, em determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano. É conhecida também de transumância. É o que acontece, por exemplo, com os sertanejos do Nordeste brasileiro.
Migração pendular: tipo de migração característico de grandes cidades e regiões metropolitanas, no qual centenas ou milhares de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa (em determinada cidade) em direção ao seu trabalho (que fica em outro município), retornando no final do dia.
Nomadismo: tipo de migração que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso encontra-se em extinção.

Exercícios de compreensão sobre movimentos populacionais:

1) Na linha abaixo,  estão indicados termos que se referem aos diversos tipos de migrações. Nas linhas abaixo, estão listadas frases que ilustram esses movimentos populacionais. Numere  as alternativas de acordo:
( 1 ) Imigração
( 2 ) Emigração
( 3 ) Pendular
( 4 ) Êxodo rural
( 5 ) Transumância

(   ) O verão tropical brasileiro atrai um elevado número de turistas para as regiões litorâneas e nesse período de alta temporada muitos trabalhadores que vivem no interior do nordeste se direcionam para essas regiões em busca de trabalho temporário.
(   ) A mecanização do campo fez com que a produtividade agrícola aumentasse muito nos últimos anos, pois as máquinas conseguem substituir a mão-de-obra de muitos homens. No entanto, esse advento tecnológico no campo contribuiu para a saída dos agricultores em direção às áreas urbanas.
(   ) A Europa recebe a cada ano um grande número de estrangeiros, que sonham com melhores condições econômicas e sociais. Ao mesmo tempo em que essa mão-de-obra é necessária para o desenvolvimento do continente, as autoridades europeias estão preocupadas com a intensificação das entradas.
(   ) Muitos trabalhadores que residem em grandes centros urbanos saem de suas residências e se direcionam para outras cidades vizinhas, ou bairros distantes, para trabalharem e retornam no final do dia.
(   ) Muitas pessoas são obrigadas a saírem de suas terras natais em busca de melhores oportunidades ou até mesmo como única alternativa de sobrevivência. Geralmente as pessoas saem por motivos econômicos, ambientais e conflitos civis.
           
A sequência CORRETA é:
  a) 4, 1, 3, 5, 2
  b) 5, 4, 1, 3, 2
  c) 5, 3, 1, 2, 4
  d) 2, 1, 3, 4, 5

2)  Entre os casos abaixo, o que melhor representa a migração sazonal é:

a) Times brasileiros que disputam campeonatos na Europa
b) Estudantes que saem de Conselheiro Pena para estudarem em Governador Valadares e retornam no mesmo dia.
c) Estudantes que migram para os EUA como objetivo de aprimorar a língua inglesa
d) Sertanejos nordestinos que deslocam para a Zona da Mata.

3) Migração característica de determinados povos que não tem habitação fixa e emigram permanentemente, como ocorre com os ciganos e com os grupos populacionais que vivem no deserto de Saara e na Ásia Centro-oriental.
 O texto faz referência a:

 a) Xenofobia    b) Nomadismo   c) Êxodo rural   d) Transumância

4) Analise o gráfico sobre a evolução da população  e marque a alternativa que melhor explica a realidade.
 a) A maior concentração demográfica da população brasileira em áreas rurais, no período de 1940 a 1980, foi resultado da predominância das atividades agroexportadoras na geração da riqueza nacional.
b) O expressivo crescimento populacional entre 1970 e 2000 foi consequência direta dos programas de incentivo à natalidade, promovidos pelos governos militares, e direcionados, especialmente, para as populações urbanas de baixa renda.
c) Entre 1940 e 2000, a inexistência de variação da população rural decorreu das migrações internas e, principalmente, da decadência e estagnação das lavouras de cana-de-açucar, café e soja.
d) A crescente concentração da população brasileira em áreas urbanas, a partir de 1970, esteve associada, entre outros aspectos, à ampliação dos setores industriais e de serviços e à atração exercida pelas cidades.

5) Na segunda metade do século XIX, o Brasil recebeu um grande contingente imigratório. Um dos grupos de imigrantes se destaca por ter participado da fundação de várias cidades, tais como: Blumenau, Joinville, São Leopoldo e Novo Hamburgo. O texto refere-se aos imigrantes:

 a) italianos   b) franceses    c) alemães    d) espanhóis

6) A dinâmica interna de uma região metropolitana é extremamente complexa, dada a variedade das interações que se estabelecem entre os aglomerados que a compõem. Na tabela,  evidencia-se o tipo de interação denominado de:


 a) repulsão urbana
 b) migração de retorno
 c) movimento pendular
 d) fluxo de transumância

7) A energia elétrica, no Brasil, contribui de maneira significativa para atender às necessidades do país em fontes de energia. O setor que mais utiliza ou consome energia elétrica no Brasil é:
 a) a indústria
 b) o comércio
 c) os domicílios
 d) a iluminação pública

8) No Brasil, aproximadamente 80% da população das favelas concentram-se nas regiões metropolitanas e 70% das moradias são construídas pelos próprios moradores, em regime de mutirão. Assinale a alternativa que indica a região brasileira que concentra a maior população favelada do país.
 a-Sudeste     b-Nordeste       c-Sul     d-Centro-Oeste


                                                                              GABARITO (  Não rasurar! )
1
2
3
4
5
6
7
8












 "Os analfabetos do próximo século não são aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que se recusam a aprender, reaprender e voltar a aprender" (Alvin Toffler )
       Professora Celi Marques

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

VERIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM- EJA

ESCOLA ESTADUAL DE CONSELHEIRO PENA
ATIVIDADE DE VERIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM   - ENSINO MÉDIO
Aluno:  ___________________________ nº:___   Data:___/___/ 2012 
Série:    ___ Ano         Turma:________             Semestre: __________
Disciplina: Geografia       Professora: Celi Marques de Oliveira Henriques

1) Leia atentamente as questões e com base nos estudos e em seus conhecimentos marque apenas uma opção:
Sobre transgênicos, observe que a charge faz-se referência a  modificação produtiva ocorrida na agricultura.
Com base nisso percebemos uma contradição presente no espaço rural brasileiro derivada dessa modificação produtiva que está presente em

a) Modernização técnica do território, com redução do nível de emprego formal.
b) Valorização de atividades de subsistência, com redução da produtividade da terra.
c) Expansão das terras agricultáveis, com manutenção de desigualdades sociais.
d) Desenvolvimento de núcleos policultores, com ampliação da concentração fundiária.

2) Leia o texto abaixo:

O campo brasileiro é bastante heterogêneo. Na grande maioria dos municípios situados no interior do país a agropecuária se constituiu como principal atividade econômica. O dinamismo econômico das cidades depende principalmente do desempenho da agropecuária. Apesar da permanência dessa importância, o campo tem apresentado mudanças significativas na sua dinâmica, tendo se tornado cada vez mais diversificado. O êxodo rural perdeu força a partir dos anos 1980, chegando em alguns casos, a haver a retomada do crescimento da população rural.

Com base nas informações do texto acima e nos conhecimentos sobre o campo brasileiro, assinale a afirmativa CORRETA:

a) A retração nos níveis de instrução da população rural tem dificultado o acesso, principalmente de jovens,
à colocação no mercado de trabalho da cidade.
b) As atividades rurais não agrícolas, como turismo rural e pesque-pague, vêm propiciando mudanças no perfil da população rural.
c) Houve o retorno da população ao campo em algumas regiões do país, oriunda especialmente das cidades
grandes, não ocorrendo tal fenômeno em municípios médios e pequenos.
d) Registrou-se nas duas últimas décadas um aumento acentuado da movimentação da população rural das grandes cidades, em razão da retração da agropecuária brasileira.

3)  Analise as charges a seguir. A partir dessas charges, pode-se afirmar que:
a) carnaval e futebol são manifestações da cultura popular brasileira que ao longo dos anos vêm polarizando inúmeros programas sociais, os quais contribuíram, inclusive, para a extinção da fome no país.
b) o programa Fome-Zero erradicou a fome no Brasil e, por isso, esse programa é motivo de grande destaque na mídia, assim como são carnaval e futebol.
c) as críticas das charges não procedem, pois não há casos de fome no Brasil.
d) no Brasil, enquanto carnaval e futebol merecem grande destaque na mídia, a fome continua assolando, silenciosamente, parte da população do país.

4) Sobre o crescimento populacional, é bom relembrar que as pessoas passaram a viver mais tempo e há tantas mulheres ao redor do mundo em idade de procriar – 1,8 bilhão – que a população global ainda vai continuar crescendo pelo menos durante algumas décadas (...). Até 2050, o total de seres humanos no planeta pode chegar a 10,5 bilhões ou então se estabilizar por volta dos 8 bilhões – a diferença é de cerca de um filho para cada mulher. Os demógrafos da ONU consideram mais provável a estimativa média: eles estão projetando uma população mundial de 9 bilhões antes de 2050 – em 2045.
Com a população mundial a aumentar ao ritmo de cerca de 80 milhões de pessoas por ano, é difícil não ficar alarmado. Em toda a Terra, os lençóis freáticos estão cedendo, os solos ficando cada vez mais erodidos, as geleiras derretendo e os estoques de pescado prestes a ser esgotados. Quase 1 bilhão de pessoas passam fome todo o dia. Daqui a algumas décadas, haverá mais 2 bilhões de bocas a ser alimentadas, a maioria em países pobres. E bilhões de outras pessoas lutarão para sair da miséria. Se seguirem pelo caminho percorrido pelas nações desenvolvidas – desmatando florestas, queimando combustíveis fósseis, usando fertilizantes e pesticidas com abundância, vai ser enorme o impacto sobre os recursos naturais do planeta.
Segundo o texto, o crescimento populacional até 2050:

a) Deixará de ser uma ameaça ambiental devido à redução já prevista do ritmo de nascimentos.
b) Ampliará o número de pessoas que passam fome e tornará mais escassos alguns recursos naturais.
c) Terá baixo impacto com a criação de mais indústrias e o desmatamento de florestas.
d) Impactará os solos com o uso de mais fertilizantes, mas preservará outros recursos naturais.

5) Qual do slogans a seguir poderia ser utilizado para defender o ponto de vista dos reformistas?
a) “Basta mais gente, que o país vai pra frente”
b) “Com saúde e educação, o planejamento familiar virá por opção!”
c) “Controle populacional já, ou o país não resistirá.”
d) “População controlada, país rico.”

6) Qual dos slogans abaixo poderia ser utilizado para defender o ponto de vista neomalthusiano?
a) “Controle populacional – nosso passaporte para o desenvolvimento.”
b) “O crescimento gera fraternidade e riqueza para todos.”
c) “População abundante, país forte.”
d) “Sem reformas sociais o país se reproduz e não produz.”

7) As consequências da construção de uma barragem na vida das pessoas
Com a construção da Usina de Sobradinho, no Rio São Francisco, formou-se até hoje o maior represamento de águas no Brasil, inundando dezenas de povoados e quatro cidades, e deslocando cerca de 70 mil pessoas. Esse contingente populacional foi reassentado a aproximadamente 700 Km de distância de onde vivia, contrariando a vontade das pessoas (além da relação econômica entre o homem e o meio ou espaço por ele habitado, existem relações de afeição pelo lugar - o espaço encerra a história de vida).

Leia as afirmativas abaixo sobre as consequências da construção de uma barragem na vida das pessoas que foram reassentadas:
I. A mudança do local de moradia não interfere nas comunidades, visto que o ser humano não se territorializa.
II. A construção da identidade local é realizada a partir da posse da terra, portanto é irrelevante onde elas vivem.
III. Há um sentimento de perda, considerando que as pessoas constroem suas relações no lugar onde elas vivem.
IV. A cultura que as pessoas levam dos seus locais de moradia demanda a construção de nova territorialidade.

Está CORRETO o que se afirma apenas em:
a) II e III.        b) I e II.       c) III e IV.            d) I e IV.

8) A maior parte dos veículos de transporte atualmente é movida por motores a combustão que utilizam derivados de petróleo. Por causa disso, esse setor é o maior consumidor de petróleo do mundo, com altas taxas de crescimento ao longo do tempo. Enquanto outros setores têm obtido bons resultados na redução do consumo, os transportes tendem a concentrar ainda mais o uso de derivados do óleo.
Um impacto ambiental da tecnologia mais empregada pelo setor de transportes e uma medida para promover a redução de seu uso estão indicados, respectivamente, em:

a) Aumento da poluição sonora – construção de barreiras acústicas.
b) Incidência da chuva ácida – estatização da indústria automobilística.
c) Propagação de doenças respiratórias – distribuição de medicamentos gratuitos
d) Derretimento das calotas polares – incentivo aos transportes de massa.

9) Leia o trecho sobre o desafio do desenvolvimento sustentável:
         
Considera-se, em economia, o desenvolvimento sustentável como a capacidade de as sociedades sustentarem-se de forma autônoma, gerando riquezas e bem-estar a partir de seus próprios recursos e potencialidades. [...] Já o desenvolvimento ecologicamente sustentável é definido como a garantia de progresso material e bem-estar social resguardando os recursos e o patrimônio natural dos diferentes povos e países.  A perspectiva do desenvolvimento sustentável leva a sociedade a questionar uma série de práticas.

Assinale a alternativa que NÃO constitui prática adequada aos princípios do desenvolvimento sustentável: 

a) Buscar o desenvolvimento econômico para toda a sociedade.
b) Modificar os hábitos de consumo, evitando desperdício
c) Adotar o padrão de consumo dos norte-americanos
d) Utilizar tecnologias que evitem a poluição e gastem menos energia.
 

                                       GABARITO (  Não rasurar! )
1
2
3
4
5
6
7
8
9












 Não diga que a vitória está perdida se é de batalhas que se vive a vida” . (Raul Seixas)          Boa Sorte!   Celi Marques








quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Aula sobre Brasil, como potência agropecuária

Nesta unidade veremos a produção nacional de matérias-primas, de alimentos, mudanças no padrão de consumo e abastecimento, segurança alimentar,  o problema da fome, os biocombustíveis e suas implicações, a indústria de equipamentos agrícolas e ainda atividades para  fixação da aprendizagem.
Esteja atento às inovações! Prezo pelo seu bom desempenho e aprendizagem, tá!

 Com carinho,  professora  
                                           Celi Marques



quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Testando conhecimentos



GABARITO da atividade avaliada sobre o estudo feito da página 426 a 457 do livro Geografia, volume único Ensino Médio (capa laranja). Abraço carinhoso da professora Celi Marques!!!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Exercicios - População



ATIVIDADE  AVALIADA . Faça a leitura da página 426 a 457 do livro Geografia, volume único Ensino Médio (capa laranja) e preencha as lacunas a seguir. Evite rasuras!
                       



Bom trabalho, tá!! Celi Marques

POPULAÇÃO - Cruzadinha




ATIVIDADE  AVALIADA . Faça a leitura da página 426 a 457 do livro Geografia, volume único Ensino Médio (capa laranja) e desenvolva com atenção as questões propostas. Evite rasuras!

1- Fenômeno conhecido como explosão de bebês;
2- Malthus não levou em conta;
3- Quinto país mais populoso do mundo;
4- Um dos maiores problemas do mundo atual;
5- Nação sem Estado;
6- Setor com maior número de empregados ou PEA;
7- Local da realização da Rio + 20;
8- Utilização racional dos recursos naturais;
9- Diferença entre nascimentos e óbitos verificada numa população;
10-Impostos incluídos no preço da mercadoria
11- Desemprego causado pela robótica, informatização...
13- Povoação constituída por poucas casas, ou seja, uma pequena povoação;
12- Saída do homem do campo para a cidade;
14- Medido pelo IDH;
15- Conjunto de pessoas que residem em determinada área;
16-Consequencia do comportamento demográfico;
17- Poderoso mecanismo de distribuição de rendas;
18- Maior receptora de imigrantes atualmente;
19- Maior encontro de chefes de Estado e de governo patrocinado pela ONU;
20- Interfere na expectativa da vida;
21- Grupo de pessoas que possuem a mesma história e vivenciam o mesmo padrão cultural;
22- Causa da fome que castiga o  mundo;
23- Raiz do subdesenvolvimento;
24- Teoria que concluiu que o crescimento populacional seria maior que o de alimentos;
25- Emprego sem registro em carteira, como: bóias frias, domésticas, vendedores ambulantes...
26- Organização das Nações Unidas
27- Necessidade de todos países subdesenvolvidos;
28- Atividade econômica secundária;
29- Maior preocupação do mundo atual;
30- Número total de habitantes.


Bom trabalho, tá!! Celi Marques

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Teorias demográficas


POPULAÇÃO

Teorias demográficas - Malthusianos, neomalthusianos e reformistas

Dilema: É a superpopulação que gera a pobreza ou é a pobreza que gera a superpopulação?
Inúmeras teorias foram elaboradas para tentar explicar o crescimento populacional. Dentre elas, é comum se destacarem três, que estão profundamente inter-relacionadas: a malthusiana, a neomalthusiana e a reformista.
Teoria Malthusiana:  A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus (1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população.
Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...).
Assim, segundo a visão de Malthus, ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. Dessa forma, a partir de determinado momento, não existiriam alimentos para todos os habitantes da Terra, produzindo-se, portanto, uma situação catastrófica, em que a humanidade morreria de inanição.
Malthus chegou a propor como única solução - para o problema da defasagem entre população e alimentos - o que ele chamou de "sujeição moral", ou seja, a própria população deveria adotar uma postura de privação voluntária dos desejos sexuais, com o objetivo de reduzir a natalidade, equilibrando o crescimento demográfico com a possibilidade de expansão da produção de alimentos.
Naquela época, a obra fez muito sucesso, mas hoje suas idéias são consideradas ultrapassadas pela maioria dos estudiosos. Para os críticos de Malthus, não se elimina a falta de alimentos diminuindo o número de nascimentos entre a população mundial, mas redistribuindo a riqueza produzida no mundo.
Na realidade, ocorre grande concentração de alimentos nos países ricos e, consequentemente, má distribuição nos países pobres. Porém, em nenhum momento a população cresceu conforme o cálculo de Malthus.

Teoria Neomalthusiana:  É uma teoria que começa a se desenvolver nas primeiras décadas do século 20, baseada no pensamento de Malthus, razão pela qual passou a ser denominada de neomalthusiana.
O neomalthusianismo somente se firmou entre os estudiosos da demografia após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), em função da explosão demográfica ocorrida nos países subdesenvolvidos. Esse fenômeno foi provocado pela disseminação, nos países subdesenvolvidos, das melhorias ligadas ao desenvolvimento da medicina, o que diminuiu a mortalidade sem, no entanto, que a natalidade declinasse.
Os neomalthusianos analisam essa aceleração populacional segundo uma ótica alarmista e catastrófica, argumentando que, se esse crescimento não for impedido, os recursos naturais da Terra se esgotarão em pouco tempo.
Para conter o avanço populacional, esses teóricos utilizam várias propostas, principalmente a da adoção de políticas visando o controle de natalidade, que se popularizaram com a denominação de Planejamento Familiar.
Algumas medidas adotadas por entidades mundiais (ONU, FMI, Banco Mundial, UNICEF, entre outros) nos países subdesenvolvidos, ajustadas a cada população, são exemplos de políticas de controle de natalidade: esterilização em massa de populações pobres (como foi feito na Índia e na Colômbia); distribuição gratuita de anticoncepcionais; assistência médica para uso de dispositivos intrauterinos (DIUs); divulgação de um modelo de família bem-sucedida, com no máximo dois filhos, em programas de televisão, na publicidade e no cinema.

Teoria Reformista: As idéias básicas desta teoria são todas contrárias às de Malthus: sua principal afirmação nega o princípio malthusiano, segundo o qual a superpopulação é a causa da pobreza. Para os reformistas, é a pobreza que gera a superpopulação.
De acordo com a teoria reformista, se não houvesse pobreza as pessoas teriam acesso a educação, saúde, higiene, etc., o que regularia, naturalmente, o crescimento populacional. Portanto, é exatamente a falta dessas condições o que acarreta o crescimento desenfreado da população.
Neste caso, é necessário explicar a origem da pobreza: os reformistas atribuem sua origem à má divisão de renda na sociedade, ocasionada, sobretudo, pela exploração a que os países desenvolvidos submetem os países subdesenvolvidos. Assim, a má distribuição de renda geraria a pobreza - e esta, por sua vez, geraria a superpopulação.
Outra crítica dos estudiosos reformistas aos malthusianos diz respeito ao crescimento da produção. Como vimos, para Malthus esta crescia em ritmo inferior ao da população. Para os reformistas, contudo, isso também não é verdadeiro, pois, com o início da revolução industrial e a consequente revolução tecnológica, tanto a agricultura quanto a indústria aumentaram sua capacidade produtiva, resolvendo, dessa forma, o problema da produção.
Os reformistas defendem que os governos deveriam implantar uma política de reformas sociais - na tecnologia, para aumentar a produção e resolver definitivamente o problema da sobrevivência humana, e na distribuição da renda, visando o acesso da maioria às riquezas produzidas. Só assim o problema da pobreza se resolveria. E, resolvendo o problema da pobreza, se resolveria também o problema da superpopulação. Ou seja, não haveria mais desequilíbrio entre uma e outra.