quinta-feira, 29 de novembro de 2012

TIPOS DE MIGRAÇÃO POPULACIONAL

 ATIVIDADES   DE INTERPRETAÇÃO E FIXAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Nome:______________ nº:___   Série:____  Data: __/__/__
Professora: Celi Marques de Oliveira Henriques
                                 Escola Estadual de Conselheiro Pena
 
Leia com atenção as informações e após desenvolva as questões propostas:

TIPOS DE MIGRAÇÃO POPULACIONAL

A migração existe desde o surgimento do homem, que sempre usou de tal artifício para sobreviver.
Hoje, na era da globalização, mais do que nunca as migrações se dão por conta do fator econômico, que é a busca por emprego, por melhores salários, por melhores condições de vida, etc.

Migração – é todo movimento de população que ocorre no espaço geográfico. Migrante é aquele que realiza o movimento de migração.
Emigração – refere-se ao ato da saída de uma região.
Imigração – refere-se ao ato da entrada em uma região
Existem três variáveis para se classificar os tipos de migrações:
o espaço de deslocamento,
o tempo de permanência do migrante,
e como se deu a forma de migração.

Considerando o espaço de deslocamento, temos os seguintes tipos de migração:
Migração internacional – que ocorre de um país para outro.
Migração interna – que ocorre dentro de um mesmo país, subdividindo-se em:
Migração inter-regional: que ocorre de um Estado para outro.
Migração intra-regional; que ocorre dentro do mesmo Estado.

Levando-se em consideração o tempo de permanência do migrante, teremos:
Migração definitiva – a pessoa passa a residir permanentemente no local para o qual migrou.
Migração temporária – o migrante reside apenas por um período pré-determinado no lugar para o qual migrou, como é o caso dos boias-frias.

Se considerar a forma como se deu a migração, tem-se:
Migração espontânea – quando o sujeito planeja, espontaneamente, migrar para outra região, seja por motivo econômico, político ou cultural.
Migração forçada – quando o indivíduo se vê obrigado a migrar de seu lugar de origem, geralmente ocorrendo por catástrofes naturais, como desertificação de um local, secas prolongadas, inundações, terremotos, por exemplo, a seca que atingiu o nordeste brasileiro no final do século XIX, Políticas/religiosas – incluindo guerras civis, revoluções, perseguições religiosas, conflitos separatistas, discriminação com violência (racismo)...
Econômicas – são as de maior importância no caso das migrações internas no Brasil. Inclui a decadência econômica de uma região e o crescimento de outra. Podemos observar que a maior parte dos migrantes se desloca a procura de um emprego, de melhores níveis salariais e de um melhor padrão de vida. Fogem também de áreas em conflito, de perseguições étnicas e religiosas. Existe um organismo que se preocupa internacionalmente com a questão dos refugiados. Trata-se do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados).

A globalização da economia mundial tem acentuado as diferenças regionais e sócio-econômicas. Esse fato, associado aos conflitos presentes em algumas partes do mundo, à péssima qualidade de vida e falta de perspectivas em alguns países tem acentuado o deslocamento de migrantes, especialmente do Terceiro para o Primeiro Mundo.

Dentre os fatores que influenciam os processos migratórios, o trabalho é o preponderante. Esse movimento pode ocorrer dentro de um mesmo país, estado ou município. São as chamadas migrações internas, que são aquelas em que as pessoas se deslocam dentro de um mesmo território.

Dentre as migrações internas temos os seguintes movimentos:

Êxodo rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações rurais para o espaço urbano. As principais causas são: a industrialização, a expansão do setor terciário e a mecanização da agricultura.
Migração Urbano-Rural: tipo de migração que se dá com a transferência de populações urbanas para o espaço rural. Hoje em dia é um tipo de migração muito incomum.
Migração urbano-urbano: tipo de migração que se dá com a transferência de populações de uma cidade para outra. Tipo de migração muito comum nos dias atuais.
Migração sazonal: tipo de migração que se caracteriza por estar ligada às estações do ano. É uma migração temporária, onde o migrante sai de um determinado local, em determinado período do ano, e posteriormente volta, em outro período do ano. É conhecida também de transumância. É o que acontece, por exemplo, com os sertanejos do Nordeste brasileiro.
Migração pendular: tipo de migração característico de grandes cidades e regiões metropolitanas, no qual centenas ou milhares de trabalhadores saem todas as manhãs de sua casa (em determinada cidade) em direção ao seu trabalho (que fica em outro município), retornando no final do dia.
Nomadismo: tipo de migração que se caracteriza pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo etc. Esse tipo de migração é típico de sociedades primitivas e por conta disso encontra-se em extinção.

Exercícios de compreensão sobre movimentos populacionais:

1) Na linha abaixo,  estão indicados termos que se referem aos diversos tipos de migrações. Nas linhas abaixo, estão listadas frases que ilustram esses movimentos populacionais. Numere  as alternativas de acordo:
( 1 ) Imigração
( 2 ) Emigração
( 3 ) Pendular
( 4 ) Êxodo rural
( 5 ) Transumância

(   ) O verão tropical brasileiro atrai um elevado número de turistas para as regiões litorâneas e nesse período de alta temporada muitos trabalhadores que vivem no interior do nordeste se direcionam para essas regiões em busca de trabalho temporário.
(   ) A mecanização do campo fez com que a produtividade agrícola aumentasse muito nos últimos anos, pois as máquinas conseguem substituir a mão-de-obra de muitos homens. No entanto, esse advento tecnológico no campo contribuiu para a saída dos agricultores em direção às áreas urbanas.
(   ) A Europa recebe a cada ano um grande número de estrangeiros, que sonham com melhores condições econômicas e sociais. Ao mesmo tempo em que essa mão-de-obra é necessária para o desenvolvimento do continente, as autoridades europeias estão preocupadas com a intensificação das entradas.
(   ) Muitos trabalhadores que residem em grandes centros urbanos saem de suas residências e se direcionam para outras cidades vizinhas, ou bairros distantes, para trabalharem e retornam no final do dia.
(   ) Muitas pessoas são obrigadas a saírem de suas terras natais em busca de melhores oportunidades ou até mesmo como única alternativa de sobrevivência. Geralmente as pessoas saem por motivos econômicos, ambientais e conflitos civis.
           
A sequência CORRETA é:
  a) 4, 1, 3, 5, 2
  b) 5, 4, 1, 3, 2
  c) 5, 3, 1, 2, 4
  d) 2, 1, 3, 4, 5

2)  Entre os casos abaixo, o que melhor representa a migração sazonal é:

a) Times brasileiros que disputam campeonatos na Europa
b) Estudantes que saem de Conselheiro Pena para estudarem em Governador Valadares e retornam no mesmo dia.
c) Estudantes que migram para os EUA como objetivo de aprimorar a língua inglesa
d) Sertanejos nordestinos que deslocam para a Zona da Mata.

3) Migração característica de determinados povos que não tem habitação fixa e emigram permanentemente, como ocorre com os ciganos e com os grupos populacionais que vivem no deserto de Saara e na Ásia Centro-oriental.
 O texto faz referência a:

 a) Xenofobia    b) Nomadismo   c) Êxodo rural   d) Transumância

4) Analise o gráfico sobre a evolução da população  e marque a alternativa que melhor explica a realidade.
 a) A maior concentração demográfica da população brasileira em áreas rurais, no período de 1940 a 1980, foi resultado da predominância das atividades agroexportadoras na geração da riqueza nacional.
b) O expressivo crescimento populacional entre 1970 e 2000 foi consequência direta dos programas de incentivo à natalidade, promovidos pelos governos militares, e direcionados, especialmente, para as populações urbanas de baixa renda.
c) Entre 1940 e 2000, a inexistência de variação da população rural decorreu das migrações internas e, principalmente, da decadência e estagnação das lavouras de cana-de-açucar, café e soja.
d) A crescente concentração da população brasileira em áreas urbanas, a partir de 1970, esteve associada, entre outros aspectos, à ampliação dos setores industriais e de serviços e à atração exercida pelas cidades.

5) Na segunda metade do século XIX, o Brasil recebeu um grande contingente imigratório. Um dos grupos de imigrantes se destaca por ter participado da fundação de várias cidades, tais como: Blumenau, Joinville, São Leopoldo e Novo Hamburgo. O texto refere-se aos imigrantes:

 a) italianos   b) franceses    c) alemães    d) espanhóis

6) A dinâmica interna de uma região metropolitana é extremamente complexa, dada a variedade das interações que se estabelecem entre os aglomerados que a compõem. Na tabela,  evidencia-se o tipo de interação denominado de:


 a) repulsão urbana
 b) migração de retorno
 c) movimento pendular
 d) fluxo de transumância

7) A energia elétrica, no Brasil, contribui de maneira significativa para atender às necessidades do país em fontes de energia. O setor que mais utiliza ou consome energia elétrica no Brasil é:
 a) a indústria
 b) o comércio
 c) os domicílios
 d) a iluminação pública

8) No Brasil, aproximadamente 80% da população das favelas concentram-se nas regiões metropolitanas e 70% das moradias são construídas pelos próprios moradores, em regime de mutirão. Assinale a alternativa que indica a região brasileira que concentra a maior população favelada do país.
 a-Sudeste     b-Nordeste       c-Sul     d-Centro-Oeste


                                                                              GABARITO (  Não rasurar! )
1
2
3
4
5
6
7
8












 "Os analfabetos do próximo século não são aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que se recusam a aprender, reaprender e voltar a aprender" (Alvin Toffler )
       Professora Celi Marques

Comente com o Facebook:

3 comentários: