sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

FUSO HORÁRIO

FUSO HORÁRIO

O fuso horário é determinado pelo meridiano de Greenwich, ao total existem 24 fusos horários.
Os fusos horários, também denominados zonas horárias, foram estabelecidos através de uma reunião composta por representantes de 25 países em Washington, capital estadunidense, em 1884. Nessa ocasião foi realizada uma divisão do mundo em 24 fusos horários distintos.
A metodologia utilizada para essa divisão partiu do princípio de que são gastos, aproximadamente, 24 horas (23 horas, 56 minutos e 4 segundos) para que a Terra realize o movimento de rotação, ou seja, que gire em torno de seu próprio eixo, realizando um movimento de 360°. Portanto, em uma hora a Terra se desloca 15°.


 
Esse dado é obtido através da divisão da circunferência terrestre (360°) pelo tempo gasto para que seja realizado o movimento de rotação (24 h).
O fuso referencial para a determinação das horas é o Greenwich, cujo centro é 0°. Esse meridiano, também denominado inicial, atravessa a Grã-Bretanha, além de cortar o extremo oeste da Europa e da África. A hora determinada pelo fuso de Greenwich recebe o nome de GMT. A partir disso, são estabelecidos os outros limites de fusos horários.
A Terra realiza seu movimento de rotação girando de oeste para leste em torno do seu próprio eixo, por esse motivo os fusos a leste de Greenwich (marco inicial) têm as horas adiantadas (+); já os fusos situados a oeste do meridiano inicial têm as horas atrasadas (-).
Alguns países de grande extensão territorial no sentido leste-oeste apresentam mais de um fuso horário. A Rússia, por exemplo, possui 11 fusos horários distintos, consequência de sua grande área.
Em nosso país, a Lei nº 11.662, sancionada pelo governo federal em 24 de abril de 2008, reduziu de quatro para três o número de fusos horários. A mudança atingiu municípios nos estados do Acre, Amazonas e Pará. Desde então, municípios do Acre e da parte oeste do Amazonas passaram a ficar com diferença de uma hora em relação a Brasília (horário oficial do país).
A compreensão dos fusos horários é de extrema importância, principalmente para as pessoas que realizam viagens e têm contato com pessoas e relações comerciais com locais de fusos distintos dos seus, proporcionado, portanto, o conhecimento de horários em diferentes partes do globo.
Como o meridiano de Greenwich é considerado o referencial das longitudes, ele passou a ser considerado o meridiano a partir do qual se determina o horário-base no planeta.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário